The Best Fluffy Pancakes recipe you will fall in love with. Full of tips and tricks to help you make the best pancakes.

Shake hipercalórico caseiro: como fazer

Fazer um shake hipercalórico caseiro usando suplementos é muito fácil (e cômodo). Contudo nem sempre usar suplementos é uma opção ou preferência. Neste caso, é totalmente possível fazer um shake tão bom quanto usando nada mais do que alimentos naturais que podemos encontrar em qualquer supermercado. E diferente de hipercalóricos “industriais” (comprados), os alimentos naturais trarão, não só nutrientes úteis para a hipertrofia, mas outros que poderão aprimorar sua saúde e ajudar ainda mais, de forma indireta,

Este shake hipercalórico caseiro vai adicionar cerca de 1000 calorias na sua dieta através de nutrientes saudáveis com inúmeras funções que
além de acelerar a hipertrofia.

Fazer um shake hipercalórico caseiro usando suplementos é muito fácil (e cômodo). Contudo nem sempre usar suplementos é uma opção ou preferência. Neste caso, é totalmente possível fazer um shake tão bom quanto usando nada mais do que alimentos naturais que podemos encontrar em qualquer supermercado. E diferente de hipercalóricos “industriais” (comprados), os alimentos naturais trarão, não só nutrientes úteis para a hipertrofia, mas outros que poderão aprimorar sua saúde e ajudar ainda mais, de forma indireta,

A seguir veremos uma receita de shake hipercalórico sem suplementos
que tem como objetivo cumprir justamente este objetivo seus resultados.

A seguir veremos uma receita de shake hipercalórico sem suplementos
que tem como objetivo cumprir justamente este objetivo.

Como fazer um shake hipercalórico sem suplementos

1 – Use um líquido calórico como base


Nenhum problema usar água.
Contudo ao fazer isso perdemos a oportunidade de complementar nosso shake para isso, use 400ml leite integral de vaca ou um leite vegetal da sua preferência.
Cada um possui seus benefícios e malefícios.

No caso do leite de vaca, temos whey protein e caseína, duas proteínas
de altíssima qualidade.
Mas se você for alérgico e não puder usar um leite lacfree (sem lactose), a
única opção é leite vegetal.
Neste caso, sugiro usar leite de amendoim ou amêndoas, ambos
possuem uma quantidade de proteína semelhante ao leite.
O ponto negativo é o preço que pode ser quatro vezes ou mais
comparado ao leite de vaca.
Você também pode fazer leite de amendoim, mas ai teremos uma tarefa
extra em mãos que fica a critério e disponibilidade de tempo de cada um.


2 – Pasta de amendoim integral


Pasta de amendoim é um item essencial em qualquer shake hipercalórico
já que apenas 15g fornecem 91 calorias.

Adicione 2 colheres (30g) de pasta de amendoim ao shake.
Não pode ou não quer usar pasta de amendoim ?
Use oleaginosas – amendoim, amêndoas e/ou nozes – diretamente no
shake.

3 – Iogurte natural grego


Iogurte grego mantém mais nutrientes do que outros iogurtes (por isso é
muito mais denso).
A cada 200g temos cerca de 20g de proteína de alta qualidade.
Mas no shake, considerando o restante dos ingredientes, você pode
usar menos (100g).
Isto diminuirá os gastos e não deixará de complementar o shake com
ótimos nutrientes.

5 – Banana


Banana é provavelmente um das frutas que mais fornecem carboidratos
(ou seja, energia).
Além disso, incluir bananas em nosso shake hipercalórico deixará a
mistura muito mais gostosa e cremosa.
Inclua 1 banana média/grande.

Você pode ir além fatiando a banana previamente e deixando no
congelador por algumas horas.
Isso fará com que a banana, não só sirva seu propósito, mas ainda sirva
como “gelo” deixando o shake refrescante.


5 – Aveia


Um shake hipercalórico não é um shake até que usemos aveia.
Aveia é uma fonte incrível de carboidratos complexos que fornece
vitaminas, minerais e fibras.

A cada 30g também temos cerca de 4g de proteína.
Use 50g de aveia em flocos grossos (quanto mais grossos, menos
processado é a aveia e mais nutrientes ela retém).
Lista de ingredientes
400ml de leite integral;
30g de pasta de amendoim integral;
100g de creme de ricota;
100g de iogurte grego;
1 banana média/grande;
50g de aveia em flocos grossos.
Ficha nutricional
Calorias: 976
Proteínas: 52g

Gorduras: 48g


Posso alterar os ingredientes ?


Com certeza.
Através de uma receita escrita, não é possível avaliar o paladar e
necessidades de cada pessoa que está lendo.
O que podemos fornecer é uma receita “base” com nutrientes muito úteis
para a hipertrofia.
Mas nada impede você de alterar as quantidades para se encaixar às suas
necessidades e gostos pessoais.
Talvez a mistura fique muito grossa ou você não goste de um ingrediente
específico.


Em todas as situações você pode e deve fazer alterações.
A intenção do site é justamente dar independência para que você não
fique preso à receitas prontas (pois isso nunca funciona).
Quando devo tomar este shake ?
A qualquer momento que uma refeição sólida viria a calhar, mas que não
pôde ser feita.
Em outras palavras, use o shake hipercalórico em momentos do dia que
facilitarão sua vida e que é difícil fazer uma refeição sólida.
Por exemplo: logo ao acordar ou depois do treino quando costumamos
ter menos apetite.

Você também pode dividir a dose e usar mais de uma vez, sob as mesmas
circunstâncias.
O mais importante é estar entregando as calorias que o seu corpo
precisa, com a ajuda do restante da dieta.
Quando e como você vai tomar, não tem tanta relevância neste aspecto.

Compartilhe seu amor
Nutri Cláudio Jorranes
Nutri Cláudio Jorranes

Sou Cláudio Jorranes, Nutricionista e autor no Portal da Nutrição. Minha paixão é compartilhar informações enriquecedoras sobre nutrição e saúde, visando iluminar o caminho para uma vida plena e saudável.
Nutricionista CRN/1 nº 22442/P

Artigos: 73